5 estratégias para governança de dados eficaz no software CDP

2023-04-17T18:14:18+02:00

Embora as empresas em todo o mundo sempre tenham tido a tarefa de garantir a privacidade dos dados, essa tarefa passou de importante para crítica. Reguladores de privacidade de dados surgem em todo o mundo a cada dois dias, à medida que os existentes se tornam mais rígidos. Em particular, o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR), que regula o uso de dados na Europa, é conhecido por ser a lei de privacidade mais rígida do mundo. É caracterizada por multas pesadas – até € 20 milhões ou 4% do faturamento anual global da empresa – requisitos de consentimento rígidos e direitos aprimorados dos titulares de dados. Isso significa que as empresas que visam a expansão global devem cumprir simultaneamente várias autoridades regulatórias. Portanto, as empresas devem garantir que o gerenciamento responsável e o uso de dados sejam aplicados em toda a organização. A governança de dados eficaz agora é uma necessidade absoluta.

O QUE É GOVERNANÇA DE DADOS NO CDP?

A governança de dados é o gerenciamento geral da disponibilidade, usabilidade e segurança dos dados aos quais uma organização tem acesso. Para que o gerenciamento de dados seja eficaz, os dados coletados devem ser precisos, completos e consistentes. Além disso, os dados devem ser utilizados de forma coerente com as metas e objetivos da marca e com as disposições legais. Somente quando esses critérios são atendidos, as empresas podem maximizar o potencial dos dados que possuem, mantendo-se do lado certo das leis que regem a coleta e o uso de informações nas áreas onde vivem seus clientes.

O software Customer Data Platform (CDP) é uma ferramenta robusta que extrai dados de várias fontes, como e-mail, mídia social, sites etc. mundo corporativo abraça o software. Sendo uma fonte central de grandes quantidades de dados do cliente que é parte integrante das operações de negócios, o gerenciamento eficaz de dados é essencial para maximizar a funcionalidade e o valor de longo prazo do software.

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DE UMA GOVERNANÇA DE DADOS EFICAZ?

Conforme mencionado anteriormente, o gerenciamento adequado dos dados do cliente ao longo de seu ciclo de vida é a única maneira pela qual uma empresa pode atingir suas metas e objetivos ao adotar o CDP. Aqui estão alguns dos benefícios que ele oferece a uma empresa:

MELHOR QUALIDADE DE DADOS

Quanto melhor a qualidade dos dados, mais ricos e úteis serão os insights gerados pelo processamento e pela análise. O gerenciamento de dados eficaz garante que os dados dentro de um CDP sejam limpos e precisos, sem duplicações e erros. Consequentemente, a marca tem acesso a informações precisas e confiáveis e pode ter certeza de que seus insights são úteis no mundo real.

MELHOR SEGURANÇA DE DADOS

Vazamentos de dados levam a perdas financeiras e perda de confiança do cliente, entre outras coisas. É por isso que toda marca deve enfatizar a segurança dos dados do cliente. A governança de dados é útil porque envolve o desenvolvimento de políticas abrangentes de segurança de dados e sua aplicação em toda a organização.

CONFORMIDADE REGULATÓRIA

As consequências de quebrar os regulamentos de privacidade de dados podem atrasar muitas empresas anos. Garantir o cumprimento estrito é, portanto, uma decisão sábia. O gerenciamento eficaz de dados ajuda as marcas a cumprir as leis regulatórias, como GDPR, CCPA, PIPEDA e muitas outras.

TOMADA DE DECISÃO INFORMADA

Quando uma empresa gera consistentemente insights precisos, a qualidade da tomada de decisão tende a melhorar. O gerenciamento eficiente de dados levará ao desenvolvimento de melhores estratégias de vendas e campanhas de marketing, além de melhorar a entrega de personalização aos clientes.

QUAIS SÃO AS MELHORES ESTRATÉGIAS PARA GARANTIR UMA GOVERNANÇA DE DADOS EFICAZ?

A gestão eficiente de dados é produto de um planejamento consciente e estratégico. As organizações determinadas a aproveitar os benefícios de uma boa governança de dados devem estar preparadas para fazer o trabalho necessário para conseguir isso em toda a organização. Aqui estão cinco grandes estratégias que podem ajudar sua marca a gerenciar dados da melhor maneira possível:

DESCREVA CLARAMENTE TODAS AS POLÍTICAS DE DADOS

A jornada para uma governança de dados eficaz começa com a criação de uma política de dados estanque que orientará todas as atividades relacionadas a dados em sua empresa. Isso inclui a coleta, retenção, fontes e tipos de dados. A política de dados também deve abordar o aspecto importante de quanto acesso cada funcionário tem ao banco de dados. Portanto, todos os principais stakeholders da empresa devem estar presentes durante a elaboração dessas importantes diretrizes.

Após o estabelecimento da política de dados, todos os membros da equipe devem ter clareza sobre o objetivo da empresa para coletar dados e sobre os métodos e fontes ideais de coleta. A política também deve especificar por quanto tempo os dados são retidos e as condições para exclusão de dados para garantir que as informações não sejam retidas por mais tempo do que o necessário. Além disso, a política deve ajudar a limitar o acesso aos dados definindo controles de acesso a dados e protocolos de autorização. O gerenciamento de dados se torna muito mais fácil quando todas essas diretrizes estão bem definidas. Finalmente, essas políticas devem ser revisadas e atualizadas regularmente para que sejam úteis a longo prazo.

DAR PRIORIDADE À CONFORMIDADE REGULATÓRIA

A governança de dados nunca pode ser eficaz se a política estabelecida não estiver de acordo com as autoridades supervisoras. O descumprimento pode levar a pesadas multas. Pior ainda, pode destruir a reputação da empresa e prejudicar permanentemente a confiança do cliente. Portanto, a empresa deve ser proativa para garantir que a conformidade seja eficaz para alcançar a governança de dados.

Para começar, a empresa simplesmente aloca funcionários para fazer cumprir as leis de agências como GDPR, CCPA e HIPAA e aconselha sobre estratégias a serem implementadas para permanecer dentro dos limites da lei. Por exemplo, a CCPA declara que os clientes devem manter o direito de visualizar e excluir seus dados pessoais. Portanto, as empresas que operam em seu território devem incluir opções que dêem esse direito aos clientes. Da mesma forma, as marcas devem monitorar as mudanças nessas leis e realizar auditorias regulares para garantir a conformidade.

IMPLEMENTAR CONTROLE DE QUALIDADE DE DADOS

A qualidade dos dados alimentados em um CDP tem um impacto significativo no desempenho do software, que por sua vez influencia a tomada de decisões. Portanto, a implementação de controles robustos de qualidade de dados e monitoramento e atualização regulares devem ser aplicados em toda a empresa. Todos os dados devem ser validados e higienizados para garantir que apenas dados precisos sejam inseridos no sistema. A criação de perfil de dados, que envolve a análise de dados em busca de padrões e anomalias, é outro aspecto das verificações de qualidade de dados que não pode ser ignorado. A implementação de fortes controles de qualidade de dados garantirá uma entrega constante de insights confiáveis para os principais tomadores de decisão.

CONTROLE ESTRITAMENTE O USO DE DADOS

Se uma empresa deseja manter o controle da segurança de dados, o monitoramento do uso de dados deve ser uma prioridade. Ao acompanhar como e por quem os dados são acessados, há uma maior chance de que vazamentos e violações de dados sejam interrompidos antecipadamente. Por exemplo, um funcionário que de repente tenta acessar dados acima de seu nível de aprovação é um sinal claro de perigo que pode ser identificado com antecedência e investigado se o rastreamento rigoroso do uso de dados fizer parte da cultura de gerenciamento de dados da marca. O monitoramento regular também inclui o bônus de boas-vindas de ajudar as marcas a cumprir as leis de privacidade de dados, identificando e corrigindo rapidamente possíveis erros.

TREINAR TODA A EQUIPE

A governança de dados eficaz envolve todos os membros da equipe de cima para baixo. Portanto, seria irreal esperar um bom gerenciamento de dados se nem todos os funcionários tivessem recebido as informações necessárias. Isso começa com a realização de seminários e workshops para educar os funcionários sobre as políticas escritas da organização em relação ao gerenciamento de dados. Além disso, todos os funcionários devem ser treinados para lidar com os dados pessoais e confidenciais mantidos nele CDP mantidos para evitar vazamento acidental de dados do cliente. Além disso, devem aprender como contribuir para a gestão da qualidade dos dados, identificando erros e padronizando formatos de dados. Comunicar padrões e expectativas a eles pode ajudar os funcionários a se tornarem mais conscientes de seu papel na proteção e governança de dados.

Em conclusão, uma governança de dados eficaz é altamente benéfica para as empresas, pois garante melhor qualidade de dados e segurança de dados mais robusta, ao mesmo tempo em que melhora a confiabilidade dos insights gerados. Portanto, as empresas devem implementar essas e outras estratégias para atingir seus objetivos de curto e longo prazo.

Ir para o topo